• Dalana de Matos

Colaboração é o futuro. Mas, como saber se uma sociedade entre arquitetos será assertiva?


Sociedades são muito comuns entre nós arquitetos ao longo de nossas carreiras e isso porque, existem muitos pontos positivos, sendo o maior de todos: a força em dobro para encarar esse mundão. Mas isso não é tudo, não podemos tomar qualquer decisão baseada somente neste fato.

Antes de mais nada, precisamos conhecer o nosso perfil pessoal e profissional, que pode ser revelado em uma entrevista de profundidade da gente com a gente mesmo. Essa análise de forma alguma se inicia pelas nossas habilidades técnicas: “Eu sei renderizar, sou fera em AutoCad e um sei pouquinho de revit” ou pelas suas experiências profissionais. E nem pense em astrologia!





Vamos falar de personalidade, comportamento e relações sociais, os chamados “SOFT SKILLS”: Você gosta de se comunicar? Prefere colocar a mão na massa? Gosta de trabalhos em equipe? Como lida com sua criatividade? O que é ética para você? O que você não abre mão em todas as coisas que faz? E os seus valores, quais são?

Habilidades técnicas podem ser adquiridas e atividades podem ser terceirizadas ( a Arqdoc existe para isso :), mas seus valores dificilmente vão mudar, você vai carregá-los por toda a vida e eles vão refletir diretamente em seu trabalho: a partir deles você vai estruturar sua sociedade.


~Depois disso é preciso alinhar com seu candidato a sócio aonde que seus valores se encontram com o dele, pois eles irão guiá-los na jornada. O alinhamento de expectativas nesse momento é essencial!

O que cada um espera do outro?

Quais são as forças e fraquezas de cada um?

Quais as oportunidades que temos juntos e o que pode ameaçar nossa parceria?


~ Sobre as habilidades, elas precisam ser complementares, alguém vai dar a cara e captar clientes e o outro vai criar, mas se os dois tiverem o perfil de líder em pontos em comum, o ego pode falar mais alto e a situação pode agravar. Em sintonia vocês serão capazes de sobreviver aos desafios do negócio, inclusive dificuldades financeiras no início.


~ Após essas etapas serem vencidas, é hora de construir uma visão de futuro. Vocês precisam caminhar para o mesmo lado e na mesma velocidade. O que eu quero dizer com isso?

Vamos supor que: um quer o reconhecimento nacional e outro apenas ter um escritório para viver o vida numa boa ou ainda; um quer apenas produzir em série pois o objetivo principal é o dinheiro e o outro quer construir uma reputação antes de tudo. Vocês acham que alguns dos exemplos tem chance de dar certo?


Por experiência própria, não é sustentável viver para sustentar o sonho dos outros, a visão deve ser construída e vivida por todos. Nós não podemos ter certeza que uma sociedade vai responder de forma positiva às expectativas de todos os envolvidos, mas podemos tomar algumas precauções.


~Se está desalinhado, nem insista! Talvez você siga melhor investindo em uma marca pessoal.

~Se não tem certeza, teste. Façam trabalhos junt(x)s, passem por algumas dificuldades e tomem muito chopp antes de pensar em construir uma marca ou abraçar um sonho em dose dupla.

~Se está tudo ok, siga!

Crie uma marca, se posicione e construam uma empresa, sem esquecer de um contrato descrevendo as responsabilidades das partes e os processos.


A vida do arquiteto é bem melhor compartilhada!


Nós aqui da ARQDOC, sabemos muito bem disso e só queremos crescer se for pra levar todo mundo junto! Nossa visão de futuro é desenvolver soluções e serviços, que permitirão simplificar o dia a dia dos arquitetos e sermos referência em processos ágeis entre os profissionais de arquitetura no Brasil.


Sucesso para todas as parcerias e sociedades, é o que a nossa equipe deseja ao mundo da arquitetura!

Qual a visão de futuro de vocês?




Sobre nós
~

Nós somos a Arqdoc! Unimos tecnologia e pessoas qualificadas em prestar serviços de desenho técnico para arquitetos que querem ganhar tempo no processo de projeto, para dedicar-se a outras funções do seu negócio. Mas, acima de tudo nós ajudamos arquitet(x)s a tornarem seu dia-a-dia mais organizado e otimizarem seus processos de projeto. E isso vai alem do nosso produto!

Quer entrar para nossa lista de leitores?
Nós queremos compartilhar com você boas leituras!